Segunda-feira, 24 de Março de 2008

undiscovered

Meu amor, não ansiaste estar comigo?

Meu amor, nunca desejas-te ser livre?

Na noite apenas a mim pertences

Pega na minha mão

Partiremos ao escurecer

Não precisamos partilhar com ninguém

Eles tentariam impedir-nos

Assim que o sol luzir

Iremos a meio caminho do incógnito

Onde o amor significará deveras mais que o teu nome

Sonho com um lugar onde tu e eu

Ninguém saberá quem somos

Onde tudo o que quero é dar-te quem sou

Sonhei durante tanto tempo que já nem consigo voltar a fazê-lo

Fugiremos…

Levar-te-ei até lá!

Por: (in)diferente


. indiferente às 21:12
link do post | favorito
Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Como disse?

. Coisas Realmente Inúteis....

. Silêncio...

. Remembrances

. Coisas a fazer...

. Assim será...

. Se fosse o ultimo momento...

. Wish I

. mas tu não estás

. undiscovered

.arquivos

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Outubro 2009

. Março 2009

. Abril 2008

. Março 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds