Sábado, 24 de Junho de 2006

Pensamento do dia...

"You kill yourself and you make a big old sacrifice and try to get your revenge. That all you're gonna end up with is a paragraph in a newspaper... it does nothing … nothing changes. The world goes on and you're gone. The best revenge is to live on and prove yourself. Be stronger than those people. And then you can come back"

Eddie Vedder, vocalista dos Pearl Jam

            smp (até quando?), TJ

música: don't fear the reaper

. indiferente às 00:26
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 14 de Junho de 2006

2 Meses (blogado)

               Poooois é, faz exactamente hoje dois meses que este blog teve início e desde então a net, especialmente o mundo dos blogs nunca mais foi o mesmo... diz a crítica que este blog e o seu autor revolucionaram por completo todo o panorama da escrita livre na web, agitaram de forma nunca antes experimentada as outrora calmas ondas da net (eu não iria tão longe, bem se calhar até ia...)

Mas agora a sério, parece que foi ontem que publiquei o meu primeiro post, assim meio a medo sem saber como as pessoas que o iam ler (e os seguintes posts também) e reagiriam à minha forma de pensar, de ver o mundo, de me exprimir... Independentemente de ser muito ou pouco visitado, independentemente de as pessoas concordarem ou não, de gostarem ou não dos conteúdos, só posso fazer um balanço positivo, pois este espaço serviu para partilhar com todas as pessoas interessadas as minhas "visões" ou mesmo a minha maneira de ser e estar (meio malucada, confesso!). Simplesmente o facto de receber um feedback do que escrevo já é compensatório, pois significa que não foi algo banal, que não foi “in-diferente”, e dá-me alento para continuar a escrever, algo que gosto muito.

Dois meses... cerca de 61 dias de altos e baixos, posts descontraídos, posts mais sérios, na realidade um pouco de mim que aqui fica “cravado” e se com isso conseguir fazer com que as pessoas que o lêem, nem que seja apenas uma pessoa, pare e pense sobre o que quer que seja que aqui foi escrito, já será uma vitória, já  valerá a pena, e é nessa maneira que espero poder continuar a escrever, a cativar a atenção de quem “aqui chega” e a fazer com que regresse... esse é o meu voto neste segundo mês, ou seja que esta data se possa repetir... sempre com a vantagem de não ter que comprar prenda, ou levar para jantar fora!

Agradeço de forma sincera a todos os que por cá passam, que através de comentários deixados aqui, ou pessoalmente (positivos ou negativos, não interessa) me dão força a continuar. Citando o primeiro post “mais um blog entre tantos outros...”

Até daqui a mais 2 meses...

 

smp TJ (14.Jun.06)

 

 

“I don't want to be famous in life
I don't want to be famous in the world
I just want to be famous
Famous
I want to be famous in your eyes”
 
vertical horizon - famous

. indiferente às 00:29
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sábado, 10 de Junho de 2006

Sou Português

A febre do mundial chegou, e parece que não afectou apenas os milhões de pessoas que assistirão aos 64 jogos desta competição, parece que a febre também chegou aos responsáveis máximos da “equipa de todos nós”. É verdade parece que a febre apanhou bem forte o sr. Felipe Scolari (apelidado de Sargentão, vá-se lá saber porquê) e também o sr. Madaíl (que aparentemente ainda é o “patrão” do sr. Scolari).

Depois da demonstração de poder dada pelo sr. Scolari aquando do europeu de sub-21 realizado em Portugal, o qual a nossa selecção ficou num honroso penúltimo lugar, o sr. Scolari surpreende mais uma vez tudo e todos com uma entrevista dada a um jornal braseiro, onde mais uma vez demonstra toda a (falta) de respeito, revelando não ser capaz de lidar com as críticas (muitas das quais) bem fundamentadas, numa ética de “ou é à minha maneira, ou então não é!”

Não sou grande admirador do trabalho do “nosso” seleccionador, mas sempre respeitei o seu trabalho, no entanto vai sendo difícil tolerar a forma como este sr. rege os destinos da nossa selecção, que é somente um dos nossos maiores cartões de visita do nosso país actualmente. Passo a citar alguns treixos da entrevista dada pelo sargentão referindo-se a alguns comentadores críticos do seu trabalho: “São uns quatro ou cinco intelectuais (…) Na verdade, é preconceito contra brasileiro mesmo. Eles têm bronca, raiva e inveja dos brasileiros (…) Um diz que é cineasta. O outro, o pai dele foi um grande escritor. O pai, né, porque ele é uma bosta. Um terceiro recebeu uma herança do tio e ficou rico. E tem uma mulher famosa aqui que diz ser a Marília Gabriela [famosa entrevistadora da televisão brasileira] de Portugal. Só. Não entendem nada! (…) Quando saio na rua é uma loucura, eles vêm falar comigo, eles aplaudem. Está quase como no Brasil. O adepto gosta de mim. Noventa e nove vírgula nove aprovam-me aqui em Portugal”.

São só algumas “amostras” das “pérolas” que este sr. é capaz… apelidando-nos portugueses de xenófobos e racistas, na minha opinião só demonstra ingratidão, pois somos nós que pagamos o seu chorudo ordenado (sim porque os ordenados são pagos em parte pelos nossos impostos). Se ele acha que as criticas são injustas só deve demonstrar que estão enganados, colocando a equipa a  fazer boas exibições e apresentando resultados, mas no campo (de futebol) e não na imprensa, lavando roupa suja.

Isto tudo para quê? No fundo o meu objectivo primordial não é apontar o dedo, e a escolha da data de este post também não foi inocente… gostaria de explicar ao sr. Scolari (pois sendo ele brasileiro) não deve ter noção do significado do dia 10 de Junho e também do 25 de Abril de 1974. A primeira data é referente ao dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, Brasil foi  (e ainda pode ser considerado) uma dessas comunidades, devendo esta data ser usada para esquecer as diferenças e aproximar nas igualdades todos aqueles que falam a língua de Camões. Já o dia 25 de Abril refere-se ao fim de um período ditatorial (coisa que este sr. parece por vezes nostálgico), onde as pessoas voltaram a ser livres, especialmente na forma como podem expressar o que sentem e pensam (ainda não era nascido nessa data, mas tenho conhecimento do que se passava nessa altura, esse direito de expressão, não é de forma respeitado, pois quem não é a favor do sr. Scolari, é contra ele, não sabendo aceitar as diferente opiniões (e afinal não é disso que trata o direito à liberdade de expressão).

Por isso não me podem apelidar de anti-patriota por não seguir as ideias “impostas” por este sr. (ou qualquer outro), gosto de pensar por mim, e tirar as minhas ilações. Apesar de fazer parte dos 0.1% que na rua não se exalta à sua passagem, quer e sou o primeiro a desejar os mais sinceros votos de sucesso, que este sr. tenha a maior sorte porque no fundo tudo o que ele fizer será em representação e em prol da nossa pátria… e como tal coloco essa situação acima de qualquer divergência de ideias (ou ideais) que possa ter…

Apesar de ter um nome estrangeiro, sou português (com muito orgulho), e em preciso que me paguem para isso... 

 

smp, TJ

 


. indiferente às 00:17
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 2 de Junho de 2006

Serviço Público (no mínimo!)

Muita gente vem ter comigo (muita gente? Ok, 2 ou 3 pessoas), e dizem-me: “ah e tal, porque não fazes isto, ou aquilo no teu blog…” e sinceramente, não percebo, mas para essas pessoas, fica aqui a vossa vontade “cumprida”! Pois bem, a partir de hoje este blog passa a ser também serviço público!

Gostaria então de começar este serviço público ajudando as pessoas naquele que é um dos maiores castigos (pelo menos é o que acho quando me toca a mim)… fazer compras nos hipermercados… de forma a tornar esta descida ao purgatório um pouco mais fácil de digerir, e na senda dos programas tão em voga hoje em dia de: “construa a seu negócio em 12 fáceis passos”, aqui vai a minha contribuição: “uma ida ao hipermercado em 15 fáceis passos!”

Já que não há escapatória, ao menos que não seja o único a ser “massacrado” e aproveite para, no mínimo se divertir, nem que seja às custas dos outros…

Sigas estes simples passos:

 

1.      Agarre em 24 caixas de preservativos e coloque em carrinhos de outras pessoas de forma completamente aleatória, quando a pessoa estiver distraída, nota: carrinhos com pessoas acima dos 70 anos, valem mais pontos!!!

 

2.      Programe os despertadores para tocarem de 5 em 5 minutos.

 

3.      Faça um rasto com molho de tomate até à casa de banho, se tiver mesmo inspirado(a), besunte também as suas mãos com o molho, e saia do wc com um ar arrependido.

 

4.      Aborde um funcionário e diga: “Código Vermelho na zona das carnes…” e veja o que ele faz…

 

5.      Vá até ao apoio ao cliente e pergunte se lhe podem reservar um pacote de M&M’s, se possível com mais amarelos que vermelhos.

 

6.      Coloque o sinal “ATENÇÃO – PISO MOLHADO!” na zona da tapeçaria.

 

7.      Monte uma tenda na secção de campismo, diga aos outros clientes que vai passar lá a noite. Convença outras pessoas a ajudá-lo, a trazer mantimentos… se por conseguinte conseguir que alguns se juntem a si, ganhará mais pontos, especialmente se forem pessoas atraentes!

 

8.      Quando um funcionário o abordar perguntando se precisa de ajuda, comece a chorar e grite: “Porque é que vocês não me deixam em paz!!!”

 

9.      Procure a câmara de vigilância mais próxima e use-a como espelho para limpar o nariz.

 

10.  Agarre na faca de trinchar maior e mais afiada que encontrar. Leve-a consigo durante todo o percurso das compras, vá perguntando a cada funcionário que encontrar se ali vendem anti-depressivos.

 

11.  Deslize pela loja com um ar suspeito enquanto canta o tema da “Missão Impossível”.

 

12.  Na secção de acessórios para automóveis pratique o seu “look” Madonna usando diferentes tipos de cones de sinalização, se o fizer com um colete cor-de-rosa ganha pontos extra!

 

13.  Esconda-se atrás da roupa que está exposta em cabides e quando alguém estiver a ver os artigos grite: “ESCOLHE-ME! LEVA-ME PARA CASA!!!”.

 

14.  Quando alguém anunciar seja o que for no altifalante, deite-se no chão em posição fetal e grite: “NÃÃÃO!       As vozes! Outra vez as vozes!!!”.

 

Por fim,

 

15.              Vá ao provador de roupa. Feche a porta, aguarde um minuto e depois grite: “Onde está o papel higiénico!?”

 

Se seguir estes simples passos de certeza que se vai divertir, ou na melhor das hipóteses, será expulso da loja, o que significa, não terá de voltar a fazer compras com aquela sua tia afastada, que demora uma eternidade para escolher a marca do café, acabando por não o levar…

 

PS: o autor deste plano de “15 fáceis passos” não se responsabiliza pelos actos de quem se disponha a pô-los em prática! :P

 

smp, TJ


. indiferente às 14:09
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Como disse?

. Coisas Realmente Inúteis....

. Silêncio...

. Remembrances

. Coisas a fazer...

. Assim será...

. Se fosse o ultimo momento...

. Wish I

. mas tu não estás

. undiscovered

.arquivos

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Outubro 2009

. Março 2009

. Abril 2008

. Março 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

.links

.contador

SAPO Blogs

.subscrever feeds